Não compreendo como querer o outro possa tornar-se mais forte do que querer a si próprio.? Caio Fernando Abreu
Textos

No pé não carrego o frevo
Mas, o belo ritmo admiro
Nem um passinho me atrevo
Melhor tranquilo retiro
Colocar a mente em ordem
Longe da louca desordem
Chega me doer os nervos
Os caras tomando tiro
No pé não carrego o frevo
Mas, o belo ritmo admiro.


Estilo Experuemntal criado pelo poeta Francisco de A.  Góis
dinapoetisadapaz
Enviado por dinapoetisadapaz em 15/02/2021
Alterado em 15/02/2021


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr