Não compreendo como querer o outro possa tornar-se mais forte do que querer a si próprio.? Caio Fernando Abreu
Textos

Para a amiga Fernanda Xerez
 



























B om dia menina poeta!
O teu dia, vim contigo brindar.
M uitas bênçãos te desejo, e que
 
D eus esteja sempre presente,
I luminando teus dias,
A tua mente fértil também.

Faço-te este brinde
E não é favor nenhum.
R osas azuis deixo pra ti,
N ão importa que goste das vermelhas.
A beleza está em todas elas
N a janela ou no jardim.
D igo com toda franqueza,
A moça Alencarina, é também muito bela.
 
X erez, diz-me o dicionário, ser vinho fino,
E condiz com tuas qualidades de mulher
R equintada, delicada e carismática,
E poetisa de alto quilate.
Z elosa em tudo que se propõe a fazer.

 
dinapoetisadapaz
Enviado por dinapoetisadapaz em 29/06/2014
Alterado em 29/06/2014


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr