Não compreendo como querer o outro possa tornar-se mais forte do que querer a si próprio.? Caio Fernando Abreu
Textos

CONTEMPORÂNEO
UM PASSEIO PELA SAUDADE


C- ONTEMPLAVA O OCASO,
O- CENÁRIO EXIBIA ARES DE SAUDADE
N- AQUELA TARDE DE VERÃO!
T- RAGUEI  A SUA AUSÊNCIA COMO SE FOSSE UMA BEBIDA
E- ERAM  LEMBRANÇAS AINDA VIVAS
M- OMENTOS TÃO NOSSOS ESTAVAM ALI...
P- ERTENCIAM  ÀQUELE RECANTO
O- SOL JÁ SE ESCONDIA... MEU CORAÇÃO TE SENTIA
R- ISOS E LÁGRIMAS SE FIZERAM  PRESENTE
A- LGUMAS PALAVRAS  BALBUCIEI...
N- OSSO TELEPÁTICO ENCONTRO ACONTECEU!
E- A TUA IMAGEM QUE ALI  ESTAVA...
O- UVIU MEUS LAMENTOS E PARTIU!

DINÁ FERNANDES
dinapoetisadapaz
Enviado por dinapoetisadapaz em 01/06/2012
Alterado em 22/06/2012


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr