Não compreendo como querer o outro possa tornar-se mais forte do que querer a si próprio.? Caio Fernando Abreu
Textos


O dia se arrastava, a espera acontecia
você não vinha, eu, com o dia entardecia,
a noite, meu olhar enegreceu, veio o dia,
outro dia de incerteza sem amor e magia.

Meus sentimentos se esvaiam em prantos
Meu corpo semi-morto por desencantos
Meu amor não veio me fazer acalantos
Fragmentada fiquei em meu recanto

Desnuda de qualquer alegria amanheci
Sonhei, esperei, chorei, cantei e gemi
Por fim sem mais devaneios me despedi
Minha história de insucesso conclui.
dinapoetisadapaz
Enviado por dinapoetisadapaz em 26/09/2018
Alterado em 27/09/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr