Não compreendo como querer o outro possa tornar-se mais forte do que querer a si próprio.? Caio Fernando Abreu
Textos


Calei-me embevecida,
um mar imenso, revolto,
grandioso em sua beleza,
temeroso por seus mistérios.


Calei-me diante da roseira,
botão desabrochando,
natureza parindo
pétalas coloridas,
vida em flor!

Surpreendi-me com o brilho da lua,
tão distante tão intenso
com um sorriso franco
contemplando o universo,
abraçando mãe Terra.


Contemplação aos desenhos de Deus,
silêncio necessário,
arte perfeita,
predadores insensíveis,
gananciosos executores...!
dinapoetisadapaz
Enviado por dinapoetisadapaz em 01/08/2018
Alterado em 02/08/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr