Não compreendo como querer o outro possa tornar-se mais forte do que querer a si próprio.? Caio Fernando Abreu
Textos

Quadra XIV
Coração esfarrapado,
Amor desfiado,
Fiapos de paixão,
esparramados pelo chão.
Uma agulha, por favor!
************
Interação da poetamiga Aila Brito. Obrigada plea beleza poética.

Trouxe agulha pra coser
Com linha de esperança
E o amor resplandecer
No teu peito com bonança.
dinapoetisadapaz
Enviado por dinapoetisadapaz em 11/04/2018
Alterado em 19/05/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr