Não compreendo como querer o outro possa tornar-se mais forte do que querer a si próprio.? Caio Fernando Abreu
Textos

Notícias do acontecimento roubou-lhe o sono. Levantou-se com aquele ar de tristeza no rosto. O dia se espreguiçando, ela, ali estática pensando encontrar um jeito maneiro de encarar a chegada do sujeito sem com ele se dispor. Finalmente resolveu aproveitar o frescor da manhã, saiu para colocar as ideias em ordem, sentou no banco da praça, o emocional totalmente desarrumado, fixou o olhar no azul do céu e clamou!! Liberta-me Senhor!
Quisera  ser um pássaro, voar para longínquas  terras!
Quase combalida, levantou e partiu sem ponto nem vírgula. Determinação é para poucos!

dinapoetisadapaz
Enviado por dinapoetisadapaz em 18/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr