Não compreendo como querer o outro possa tornar-se mais forte do que querer a si próprio.? Caio Fernando Abreu
Textos





Depois do choque por um final inesperado
Por muito tempo, desejei ver-te!
Quando me deparei com o achado,
Imaginei um encontro, talvez triste;

E foi mesmo um desastre, outro lado
seu revelado, arrogante e nariz empinado,
pensei ter encontrado outra pessoa.
Percebi o quanto sua essência era nada boa.

Eu que desejava a todo custo
Encontrar-te e redimir meu sofrer,
Pude naquele momento me refazer do susto
a revelação bloqueou meu contínuo querer.

Não sei se a ferida foi curada,
Sei apenas que o choque foi letal
Morri e ressuscitei assim desamada,
Porém plena de certeza que não és o tal

que eu preciso para me amar.
Doravante, afogo-te no poço do ostracismo.
Boca selada impedida de manifestar
qualquer desejo .Sepultei meu fanatismo.
dinapoetisadapaz
Enviado por dinapoetisadapaz em 13/02/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr