Não compreendo como querer o outro possa tornar-se mais forte do que querer a si próprio.? Caio Fernando Abreu
Textos


Congresso Nacional, reduto dos mendazes
Casa dos homens descarados e ineficazes
Cambada de malfeitores, desonestos, sem brios
De caras lavadas, promessas e corações frios
Enganaram seus eleitores que acreditaram
Em seus discursos, e a palavra não cumpriram
Corruptos inescrupulosos, aproveitadores
Pena que não fiquem numa cela comum, senhores
Senhores uma ova, bandidos, e com privilégios
Mesmo tendo cometido o pior dos sortilégios.

Não têm caras de raposa, mas são bem audazes
Caras de pau, não! Madeira podre seus ladravazes!


Enlaces disticus é criação da poetisa Aila Brito!
dinapoetisadapaz
Enviado por dinapoetisadapaz em 19/07/2017
Alterado em 20/07/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr