Não compreendo como querer o outro possa tornar-se mais forte do que querer a si próprio.? Caio Fernando Abreu
Textos

Interação ao Decanato "CAI CHUVA DE DIAMANTE"
da Norma silveira

Escorre fios de prata na vidraça,
A chuva faceira, com o vento dança,
Cenário que encanta, divinas tranças!
 
Para uma noite friorenta, convém,
Lareira, vinho e queijos também,
Um amor ao lado vai bem!
 
O jardim amanhece em festa,
Passarada ruma para floresta
Por lá fazem bela seresta!
 
Benfazeja chuva, Mãe Terra agradece!
Autora; dinapoetisadapaz


Criação da poetisa Norma silveira
dinapoetisadapaz
Enviado por dinapoetisadapaz em 20/06/2017
Alterado em 20/06/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr