Não compreendo como querer o outro possa tornar-se mais forte do que querer a si próprio.? Caio Fernando Abreu
Textos



Sou dada a dessuetude
tenho medo da rotina;
Há em meu cérebro
um fluxo contínuo de pensamentos
que me viram e reviram.
Nada que me prenda
me atrai, salvo o amor;
e terá que pacífico e sem amarras.
A liberdade é impagável!
dinapoetisadapaz
Enviado por dinapoetisadapaz em 05/05/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr